Dicas para espantar o desânimo

Há dias em que parece quase impossível espantar o desânimo. Que tudo que desejamos é não ser incomodados, que as responsabilidades do dia desapareçam e que não tenhamos qualquer obrigação.

Por vezes podemos entender esse sentimento como algo ruim, o que tende a desencadear frustação em relação ao desânimo. Mas é importante ter em mente que esse é um sentimento comum, que por vezes ele aparece e está tudo certo.

De qualquer forma, por vezes não podemos abrir espaço para o desânimo, pois é necessário cumprir nossos deveres. Pensando nisso resolvemos compilar algumas dicas de como espantar o desânimo, confira!

No dia a dia

Algumas mudanças na sua rotina, algumas aquisições de hábitos podem ajudar com a motivação. Uma boa alimentação, noites bem dormidas e a prática de atividades físicas são exemplos de condutas que podem acarretar mudanças positivas no seu dia a dia e contribuir para espantar o desânimo.

Já é comprovado cientificamente que esses são hábitos que só tem a acrescentar em nossas vidas. Ao praticar esporte há liberação de hormônios do bem-estar, uma noite bem dormida auxilia com as capacidades cognitivas e uma alimentação coopera para um melhor funcionamento do organismo como um todo.

O estabelecimento de uma rotina no geral contribui para uma melhor organização do dia. A desorganização tende a nos fazer sentir desorientados, sem saber por onde começar. Então, para um enfrentamento eficaz contra o desânimo, estabeleça uma rotina e acrescente nela a prática de atividades físicas, boas noites de sono e uma alimentação saudável.

Em relação a si mesmo para espantar o desânimo

O autoconhecimento também é um ótimo aliado nesse combate contra o desânimo. Ao conhecer nossas habilidades, nossos pontos fortes, aprendemos o que melhor funciona para cada um de nós. Ou seja, tendo maior facilidade para lidar como esses momentos em nossas vidas.

Nossos planos também podem muito auxiliar nesse quesito, visto que, quando temos perspectivas de um futuro, tendemos a nos manter mais motivados. Aproveite e invista em entender e traçar seus planos de curto, médio e longo prazo!

Em meio a isso, reconhecer seus esforços também se faz de grande valia. Tendemos a olhar apenas para aquilo que entendemos como falhas e imperfeições em nossas jornadas, porém é importante reconhecer as nossas conquistas, das menores aos nossos maiores feitos.

Essa é uma das formas assertivas de se olhar para a vida que nos auxilia a espantar o desânimo.

Em relação a suas relações

Mantenha as pessoas que você ama por perto. São elas quem nos ajudam a espantar o desânimo. Nos dão força e apoio para seguir com nossos planos e a buscar nossos sonhos.

Sejam as relações familiares, amorosas ou de amizade, cuide delas para que se sinta cada vez mais motivado a crescer e prosperar ao lado dessas pessoas.

Essas foram algumas dicas para te ajudar a manter a motivação. Portanto, é imprescindível notar o quanto o sentimento de desânimo tem aparecido em sua vida. Afinal, é normal que por vezes você se sinta assim, mas uma vez que esse sentimento se torne recorrente talvez seja interessante buscar auxílio de um profissional.

Por fim é importante notar que são nossas atitudes no dia a dia e nossa forma de ver a vida que vão auxiliar a espantar o desânimo.

Gostou do post? Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário abaixo!!!

Para outros conteúdos como esse acesse aqui o nosso blog!

Até a próxima.

Um abraço,

Renato Dip

Especialista em Carreiras, Coach & Palestrante